Procura por serviços online do governo cresceu durante pandemia da COVID-19

Diante a pandemia da COVID-19 inúmeros brasileiros começaram a recorrer e procurar cada vez mais serviços que atendessem de forma remota para que assim facilitassem o desenrolar das coisas e principalmente evitasse a necessidade de sair de casa. Serviços de compras, mercado, pagamento de contas e entre outros foram e são extremamente utilizados devido ao isolamento social.

Diante da necessidade de se manter dentro de casa e de opções que proporcione isso, mas que atendam a necessidade da população muitos serviços começaram a se adequar e se moldar a realidade vivida. Com isso programas do governo começaram a se adequar e a oferecerem seus serviços de forma online simplificando e muito a vida dos brasileiros.

Auxílios financeiros, pagamento do FGTS, transferências e entre outros serviços começaram a apresentar soluções online para que as pessoas resolvam tudo sem sair de casa, mantendo a sua segurança e de outras pessoas e tudo ainda podendo ser resolvido na palma da mão.

Alguns dos principais serviços lançados pelo governo que atendiam a população de forma totalmente online foram:

Auxílio emergencial

O auxílio emergencial foi um benefício concedido pelo governo federal para ajudar algumas pessoas durante o período da pandemia da COVID-19 auxiliando financeiramente milhares de famílias. Todo o programa funcionou de forma online, desde o cadastro ate o recebimento. Algumas ações eram possíveis serem feitas até pelo próprio aplicativo do auxílio, como compras em mercados e transferências do dinheiro.

Esse serviço sendo feito de forma online fez com que um maior número de pessoas fosse atendido e simplificou todo o processo, fazendo com que a necessidade de ir ao banco resolver isso fosse só em casos extremos.

Pagamento do FGTS

O pagamento do FGTS também foi simplificado e todo o processo foi possível ser feito através do aplicativo Caixa Tem, diminuindo assim o número de trabalhadores nas agências bancárias e todo o processo ser feito de maneira mais rápida e simplificada dentro de suas casas a qualquer horário.

PIX

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneos que foi aprovado pelo Banco Central. A plataforma se diferencia dos demais serviços de transações tradicionais, pois as transações são feitas na hora e funciona 24 horas por dia, 7 dias na semana, incluindo feriados.

Esses e outros programas criados para simplificar a vida dos brasileiros durante a pandemia vem mostrando grande sucesso e programas com serviços específicos que muitas vezes requer muita burocracia são facilitados na forma online, como é o caso do programa para declarar imposto de renda 2021. Assim, o auxílio das tecnologias e recursos online vem sendo de grande ajuda para todos principalmente diante da situação em que o mundo esta vivendo.

Se os casos do COVID-19 voltarem a crescer, o pagamento do auxílio emergencial continua?

Devido a crise que se espalhou por todo o mundo devido ao corona vírus e todas as suas consequências como o bloqueio de algumas atividades econômicas por um bom tempo muitas pessoas tiveram sua renda cortada e outras acabaram sendo demitidas pois a empresa não conseguiu se manter e se adequar as regras de funcionamento exigidas no período. Diante dessa realidade e de toda a situação econômica em que muitos brasileiros se encontravam o governo federal lançou então o auxílio emergencial.

Entenda um pouco sobre o auxílio emergência

O auxílio emergencial é um benefício concedido pelo Governo Federal para todos os trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, o benefício tem como objetivo fornecer um auxílio a todas essas pessoas que foram diretamente atingidas devido a crise causada pelo corona vírus.

Todos os cidadãos que se encaixarem nos requisitos exigidos para a inscrição do auxílio tem o beneficio garantido ate dezembro, podendo ser estendido de acordo com as condições que serão enfrentadas no próximo ano. Na maioria dos estados o numero de casos tinha apresentado uma reduzida assim como a taxa de transmissão, mas com a liberação da maioria das atividades e algumas pessoas voltando a viver normalmente esses números começaram a crescer e a preocupar devido as suas consequências que podem vim piores com essa segunda onda.

Responsável pela morte de milhares de pessoas só no Brasil, o corona vírus trouxe consequências devastadoras, inúmeras famílias perderam entes queridos e tiveram sequelas devido a ação do vírus no organismo. A realidade de todo o mundo mudou e todas as medidas restritivas para conter a contaminação apresentaram resultados, mas agora devem ser reforçadas, a permanência em casa se possível, o uso de mascaras durante o tempo que estiver a rua em contato com outras pessoas respeitando o distanciamento social e sempre cumprindo a utilização de álcool gel nas mãos.

O benefício concedido pelo governo vem ajudando muito todos os trabalhadores e desempregados que foram atingidos fortemente devido as consequências da pandemia, graças a ele muitas famílias estão conseguindo se manter e pagar todas as suas contas garantindo assim que essas consequências estão sendo amenizadas com o auxílio. Desde o mês de abril até dezembro milhares de pessoas já estão garantidas do recebimento e sabem da sua imensa importância.

A continuidade do pagamento é algo que está sendo analisado e vai depender muito da realidade que o país vai se encontrar nos próximos meses, mas para todas as famílias de baixa renda a garantia do calendário de pagamento do Bolsa família já é certo e o novo valor do Bolsa Família em 2021 vem para ajudar a todos os beneficiários do programa.  A esperança do início da vacinação e do controle da transmissão é algo muito forte e esperado por todos os brasileiros que anseiam por uma vida normal novamente.

Após crise, região Sudeste do Brasil começa a se restabelecer economicamente

A pandemia do novo Coronavírus deixou marcas no Brasil e no mundo! Considerada uma das regiões mais afetadas por essa crise, a região Sudeste volta a crescer em temos econômicos, apesar de ainda estar com um avanço pequeno. 

Com a pandemia, diversos setores industriais e comerciais tiveram que fechar as portas, tendo um grande prejuízo. Aos poucos, as coisas foram voltando ao normal e a economia ganhando força novamente. 

De acordo com um balanço feito pelo Banco Central, a atividade econômica da região Sudeste subiu cerca de 4,3% no trimestre encerrado em agosto, ante o trimestre finalizado em maio, quando tinha recuado 6,8%. 

Segundo o BC, esse “aumento gradual da mobilidade social” permitiu a retomada da indústria e do comércio, mesmo que de forma gradual. Aos poucos, o setor de serviços também vem ganhando seu espaço novamente, tendo reflexos positivos sobre o mercado de trabalho. 

“Adicionalmente, a trajetória de dados mais tempestivos – como os de consumo de energia elétrica e vendas com cartão de débito – sugere que a economia continuou o processo de recuperação em setembro e outubro, embora com alguma acomodação na margem”, relatou o Banco Central. 

Em análises feitas no início do ano, quando a pandemia estava com números alarmantes de casos de Covid-19, principalmente nesta região, o Banco Central também havia feito um estudo para analisar o impacto que tudo isso iria causar na economia. 

O BC avaliou que após os efeitos da Covid-19, a economia do Sudeste poderia se beneficiar por conta da sua diversidade e das fortes participações das atividades financeiras. 

“Por outro lado, a economia do Sudeste, após forte impacto dos efeitos da Covid-19, pode se beneficiar de sua diversidade produtiva e das relevantes participações das atividades financeira e de informação e comunicação em sua retomada” acrescentou.

Mesmo crescendo consideravelmente, a economia de todo o Brasil depende da evolução dos “riscos remanescentes” relacionados ao controle da pandemia e da reação do mercado de trabalho. 

“Nesse cenário, o nível de incerteza permanece elevado quanto à sustentação do ritmo de atividade nos próximos trimestres”, conclui o Banco Central. 

Com uma visão de um futuro melhor, pós-pandemia, espera-se que novas oportunidades sejam oferecidas para todos os brasileiros. Novos concursos Sudeste 2021 estão sendo aguardados, principalmente na área da saúde e financeira, já que há diversos cargos em aberto nos órgãos públicos que precisam ser preenchidos. 

Para conferir as vagas disponíveis, os interessados podem acessar o site oficial do PCI Concursos 2021pois lá encontram diversas informações sobre os processos seletivos! 

Próximo ano terão NOVOS valores para aposentadoria e benefícios do INSS

A aposentadoria e benefícios concedidos pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) é considerado como uma conquista para muitos. Longos anos de trabalho de carteira assinada ou pagamentos individuais e o recebimento do benefício devido a problemas de saúde que impossibilitem algumas pessoas a trabalharem são alguns dos requisitos para o então recebimento do benefício.

A aposentadoria é uma conquista de todos os trabalhadores que diante de seus longos anos de prestador de serviço conseguem enfim parar para descansar. tanto por tempo de contribuição quanto por tempo de trabalho prestado esses trabalhadores têm seus direitos assegurados mesmo após a saída dos seus empregos e após o pagamento de todas as parcelas da contribuição.

A aposentadoria é uma conquista principalmente para trabalhadores que não estão satisfeitos com seus empregos e encontram nela uma esperança de continuar recebendo, mas agora sem a obrigação de continuar no emprego, resolvendo assim diversos problemas.

Entenda a origem da aposentadoria

O direito a aposentadoria teve sua origem no ano de 1888, onde algumas iniciativas surgiram para beneficiar alguns setores, setores esses que eram considerados importantes para o império. Correios, casa da moeda, marinha e imprensa nacional eram alguns dos órgãos que seus funcionários tinham o direito a aposentadoria.

E em 1923 a previdência social surgiu como funciona nos dias de hoje. Aposentadoria especial, por idade, por invalidez e por tempo de contribuição são os principais tipos de aposentadoria presentes hoje.

A aposentadoria especial garante os direitos para trabalhadores que tenham exercido atividades consideradas insalubres ou perigosas, que conforme o tempo de exercício provocaram problemas de saúde, promovendo assim o direito de se aposentarem com um menor tempo de contribuição.

A aposentadoria por idade tem como objetivo garantir a seguridade e manutenção dos trabalhadores após atingir uma idade avançada. No caso da invalidez são garantidos direitos para que essas pessoas consigam se manter mesmo em meio as dificuldades e incapacidade de exercer um trabalho para garantir sua subsistência. Já o último caso, por tempo de contribuição serão analisadas as condições dos trabalhadores e assim calculado uma estimativa de pagamento para a contribuição.

INSS no ano de 2021

Todos os anos os valores da aposentadoria são atualizados e possuem um pequeno aumento, no ano de 2021 não será diferente. Milhares de pessoas beneficiadas pelo INSS já estão no aguardo do lançamento da tabela INSS 2021 para saberem o valor da contribuição percentual do ano para todos os contribuintes. Sendo um dos órgãos mais importantes de todo o país por disponibilizarem benefícios que auxiliam no dia a dia de milhares de brasileiros o acompanhamento dessa tabela é essencial e muito aguardada por todos.

DETRAN-RJ libera portal para consultar multas e tributos em atrasos, além de agendamento de serviço

Uma das coisas mais preocupantes para os proprietários de veículos é ter pendência com o DETRAN, seja por ter recebido multa ou não estar em dia com o imposto. Saiba que o DETRAN-RJ libera portal para consultar multas e tributos em atrasos, além de agendamento de serviço.

Para facilitar a vida dos motoristas, o DETRAN-RJ traz via web em seu portal oficial, todos os serviços necessários para que o motorista fique em dia com a documentação. No portal oficial, você poderá:

  • Consultar multas;
  • Consultar pendências, como tributos em atraso;
  • Fazer o agendamento.

É importante estar atento as datas de pagamento do IPVA RJ 2021, assim evitará multas e poderá circular com o veículo livremente.

O que acontece se eu não ficar em dia com o DETRAN?

Está pensando em circular com o seu veículo, porém o documento do mesmo está desatualizado? Saiba que se uma fiscalização parar seu veículo, você será punido.

Em alguns casos o motorista poderá ser multado, por uma taxa alta e ainda perder pontos na CNH. Por isso é tão importante ficar atento as novas regras do IPVA 2021, para evitar estresses futuros.

É péssimo ficar com pendências de multas, porque quando chegar o período da renovação da documentação, ela só acontecerá caso não haja nenhuma pendência. Por meio do portal tudo poderá ser resolvido com apenas alguns cliques, basta acessar o menu e procurar pela opção desejada!

Como consultar minhas multas? 

Ao acessar o site do DETRAN-RJ você notará que o menu indica os serviços que o mesmo oferece, basta acessar a opção de consulta e inserir os dados necessários. Com apenas alguns cliques, você terá acesso a todas as informações referente ao seu veículo.

Caso tenha alguma multa, você saberá qual o valor e onde ela foi aplicada. Faça a impressão do boleto para quita-la, em seguida pague esse valor para ter a liberdade de renovar a documentação do seu veículo.

Tributos em atraso e agendamento de serviço

É importante estar com a documentação atualizada, para circular com seu veículo automotor sem nenhuma preocupação. No site oficial do DETRAN do Rio de Janeiro, existe a opção para o pagamento dos tributos. Para regularizar sua situação, basta imprimir o boleto e efetuar o pagamento em uma agência bancária autorizada. Simples não é?!

No site também é possível fazer o agendamento de serviço, caso precise de ajuda com urgência referente a documentação do seu veículo. Saiba que o agendamento é feito online, para evitar filas ou aglomerações.

Por meio do portal o cidadão fará o agendamento para o atendimento presencial na unidade do DETRAN-RJ, assim saberá exatamente qual dia e horário precisa comparecer para ser atendido.

Atenção: Caso tenha feito o agendamento mas surgiu um imprevisto, saiba que é possível acessar o site e cancelar o agendamento.

Bolsonaro quer unificar Bolsa Família, abono salarial, seguro-defeso e salário-família

O Governo Bolsonaro tem pensado medidas que possam reduzir os efeitos da crise econômica no país. Recentemente a notícia de unificar algumas benefícios foi divulgada e dividiu a opinião dos brasileiros. Para entender melhor o assunto, confira o artigo abaixo:

A crise do coronavírus evidenciou a situação de desemprego no país e fez com que milhões de brasileiros precisassem de suporte por parte do Governo.

O índice de brasileiros desempregados, que já era alarmante, chegou a números altíssimos, o que preocupou os cofres públicos que promoverão o pagamento, por exemplo, do Seguro Desemprego 2021.

O seguro é um beneficio concedido aos trabalhadores formais, ou seja, que atuam através da CLT e que foram dispensados de suas funções sem intermédio de justa causa.

Além do aumento de solicitações do seguro desemprego, houve o aumento de cadastros no programa Bolsa Família, uma iniciativa do Governo que promove transferência de renda para famílias que se encontram em situação de pobreza ou de pobreza extrema.

O Bolsa Família, o Seguro-defeso e o Salário-família são todos benefícios concedidos através de programas para promover assistência para um percentual de brasileiros que se encontram em situação de vulnerabilidade.

O Seguro-defeso, por exemplo, é pago para os pescadores que ficam impossibilitados de exercer as atividades de pesca em determinado período do ano, quando ocorre a época de defeso de determinadas espécies.

Enquanto isso, o Salário-família pode ser solicitado por famílias que possuem filhos de até 14 anos ou que possuam alguma deficiência. A medida visa auxiliar a família a oferecer condições básicas de vida para o dependente registrado.

Mas diferente desses programas mencionados, o abono salarial é um direito trabalhista, apenas concedido para trabalhadores formais e para ter acesso é preciso preencher alguns requisitos, como receber até dois salários mínimos vigentes, estar inscrito no RAIS e ter registro na CLT há pelo menos 5 anos, sem precisar ser contínuos.

E é justamente essa divergência de utilidade dos programas mencionados que tem deixado os brasileiros receosos quanto essa proposta do Presidente.

O maior objetivo dessa ideia é transformar os programas mencionados em uma nova marca para o Governo Bolsonaro, uma vez que o Bolsa Família foi criado pelo Presidente Lula do Partido dos Trabalhadores (PT).

De acordo com o ministro da economia, Paulo Guedes, a medida também pode proporcionar melhoria para o brasileiros, já que estaria expandindo os recursos e logo, beneficiando um número maior de cidadãos.

Todas essas medidas estão sendo pensadas para a criação de um novo e único programa social, que pagará entre R$250 a R$300 para os brasileiros de baixa renda.

Conheça o novo ministro da Educação, o professor Carlos Alberto Decotelli

Como mais uma das mudanças do Governo Bolsonaro, o novo ministro da educação é anunciado e muitos brasileiros passam então a conhecer o nome do professor Carlos Alberto Decotelli. Veja a notícia detalhada a seguir e entenda a situação atual:

Muitos eleitores da esquerda e até mesmo da direita foram pegos de surpresa com a recente notícia sobre o Governo Bolsonaro. Depois de convidar o professor Carlos Alberto Decotelli para uma conversa, o presidente anunciou através de suas mídias sociais que o professor seria o novo Ministro da Educação.

O Ministério da Educação vinha sofrendo ataques e questionamentos contínuos devido a sua pouca efetividade com os processos educacionais  e as recorrentes fraudes em licitações. A previsão de mudança seria evidente, mas o que realmente chocou o público foi o fato do professor sequer estar presente na lista de possíveis convidados do cargo.

Quais as responsabilidades do Ministro da Educação?

O Ministério da Educação é responsável por elaborar, executar e realizar a manutenção de processos educacionais de todos os níveis, assim como garantir a educação básica para todos.

Podemos citar como um dos exemplo do papel do Ministro da Educação, o funcionamento do SISU 2021um sistema que distribuiu vagas no ensino superior da rede pública através da pontuação do Exame Nacional do Ensino Médio.

As medidas e previsões referentes a este sistema e ao Enem, por exemplo, precisam ser aprovadas pelo Ministro, que agora, passa a ser Carlos Decotelli.

Quem é Decotelli?

Mas afinal, quem é Carlos Alberto Decotelli? Tendo participado da elaboração de projetos para a mudança de Governo a favor de Bolsonaro, o professor Decotelli é bacharel em Ciência Econômicas formado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A sua atuação como professor ocorreu na Escola de Guerra Naval. Além de atuar na área da educação, Carlos Decotelli, de 67 anos, também serviu como oficial da reserva da Marinha e presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

Quais os maiores desafios?

A crise do coronavírus tem colocado a prova basicamente todo setor público e com a educação, isso não seria diferente. Assumindo o posto em um momento de pandemia, um dos maiores desafios de Decotelli é promover soluções e adaptações para o modelo educacional.

Devido ao isolamento social e a impossibilidade de aglomeração, as instituições de ensino precisam recorrer a mudanças funcionais e será papel do ministério da educação e do ministério da saúde promover medidas que solucionem esses problemas.

Conheça algumas das medidas sociais contra crise do coronavírus

Desde que a pandemia do coronavírus levou o brasileiro ao isolamento social, diversos problemas relacionados a economia começaram a aparecer, como o aumento do desemprego, risco de fome e comércio estagnado. Por isso, o Governo foi levado a tomar algumas medidas com o intuito de minimizar os efeitos da crise do coronavírus. Veja a seguir quais são essas medidas:

Auxílio Emergencial

A primeira e mais comentada medida que podemos citar é a do auxílio emergencial. Uma vez que os cidadãos estão em isolamento social, a maioria dos serviços foram suspensos impossibilitando milhões de brasileiros de trabalhar. Isso acarretou no atul cenário de diversas famílias que passaram a ficar sem renda e ainda possuem contas a pagar e suas necessidades básicas.

A medida que o Governo promoveu para minimizar esse efeito e garantir que as famílias brasileiras mais vulneráveis pudessem ter suporte foi o auxílio emergencial, que promove um valor equivalente a R$600 para trabalhadores informais, microempreendedores individuais registrados como MEI e desempregados.

É importante ressaltar que quem se encontra dentro dessas categorias precisa ainda ter uma renda familiar de até três salários mínimos para receber e que esse auxílio previsto dobra no caso de beneficiárias mulheres e chefes de família.

Bolsa Família Emergencial

Você conferiu acima o auxílio emergencial, previsto para as famílias brasileiras que estão sofrendo os efeitos do coronavírus e não possuem renda fixa, mas vale lembrar que existe também o Bolsa Família emergencial que é uma categoria diferente desse benefício.

Isto porque, quem já recebe o Bolsa Família não precisa passar por análise ao solicitar o auxílio. Na verdade, quem já é participante do programa não precisa sequer requirir o valor, pois este já será depositado automaticamente em sua conta.

Auxílio Merenda

Um recurso um pouco diferentes dos que já foram aqui apresentados é o auxílio merendaPara quem não sabe, a rede pública de ensino oferta para os estudantes, tanto de escolas integrais, como semi-integrais e como regulares, algumas refeições como café da manhã, almoço e lanche. Entretanto, com a crise do coronavírus as aulas foram suspensos e esses estudantes pararam de ter aceso a essas refeiçoes.

E por isso, o Governo criou o auxílio merenda, que visa fornecer um valor para substituir essas refeições através de um cartão magnéticos. O cartão poderá ser utilizado nos estabelecimentos determinados pelo novo programa para comprar alimento. O valor previsto é de R$50, mas a medida fica sujeita aos critérios de cada estado.

Crise do coronavírus provoca mudanças no INSS

A crise do coronavírus provocou mudanças em diversos setores da vida do brasileiro, como o social, devido ao isolamento para evitar a propagação da doença, e o econômico, devido ao alto índice de desemprego. Até mesmo o próprio INSS precisou aderir a algumas alterações para facilitar a vida do brasileiro. Veja a seguir do que se trata:

Como mencionado, diversas mudanças estão sendo elaboradas para diminuir os efeitos negativos do coronavírus. Uma delas é o coronavoucher, um recurso elaborado para oferecer suporte financeiro aos brasileiros que tiveram seus serviços cotidianos interrompidos e por consequência, privação de sua renda mensal.

O benefício promove o valor de R$600 para trabalhadores informais, MEI e desempregados. Vale lembrar que um valor de R$1.200 está garantindo para as mulheres que são chefes de família e se classificam na lista de recebedores. Os valores mencionados serão repetidos em três parcelas, totalizando respectivamente R$1.800 e R$3.600.

Outros dois recursos também foram elaborados para facilitar a vida dos brasileiros: o auxílio merenda, destinado a crianças e jovens que estudavam na rede publica de ensino e costumavam fazer refeições no ambiente escolar; e o Bolsa Família Emergencial, que vai ampliar o valor da bolsa, acrescentado R$600 e R$1.200.

Sendo assim, não é difícil imaginar que o INSS tomou algumas medidas a fim de facilitar a vida de alguns brasileiros. A instituição resolveu possibilitar o 13° INSS antecipadoO benefício do 13° salário é referente a uma bonificação anual que replica a sua remuneração mensal acrescentando um salário extra que pode ser pago em duas parcelas realizadas em novembro e dezembro.

O décimo é um dos benefícios mais importantes para o trabalhador brasileiros e pode significar uma melhoria para a economia anualmente. Pensando nisso, o INSS resolveu liberar o recurso para os cidadãos, entretanto, vale mencionar que apenas aposentados e pensionistas do INSS poderão estar sacando o valor que está previsto para pagamento nos meses de maio e junho.

A notícia proporcionou alivio para muitas famílias brasileiras, mas deixou quem não tem direito a receber irritado. E para esse público que não tem acesso ao recurso, vale a pena mencionar que possivelmente o Governo estará liberando o saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) ara os trabalhadores inativos e ativos.

A previsão do saque é para o meio do ano e para saber se o valor será mesmo liberado, é necessário estar atento às plataformas oficiais de  informação e não perder as últimas notícias.

Quero me candidatar a vereador: Veja como fazer!

A carreira política interessa a muitas pessoas, entretanto, nem todo mundo conhece os processos que ela envolve. Por isso, pode parecer até difícil alcançar determinado cargo político, mas com as dicas certas você pode garantir a sua candidatura. Quer se tornar vereador? Veja o que é preciso fazer:

Quais os requisitos para se tornar vereador?

Mas afinal, o que é preciso para se tornar vereador? Obviamente, entender de política não é tudo que você precisa para assumir esse cargo. Existe uma série de exigências para tanto e são elas:

  • Ser brasileiro nato ou nacionalizado oficialmente;
  • Estar de acordo com Tribunal Regional Eleitoral (TRE);
  • Estar de acordo com a Justiça Eleitoral;
  • Saber ler e escrever;
  • Possuir domicílio eleitoral no município que quer concorrer;
  • Ter filiação a um partido político, pelo menos, 1 ano antes da candidatura;
  • Ter 18 anos completos até o dia do registro da candidatura;
  • Apresentar certificado de reservista, se for o caso.

Como dar inicio a candidatura?

Para começar a sua candidatura ao cargo de vereador, é preciso estar atento a alguns documentos. O primeiro deles se trata da cópia da ata, devidamente rubricada que valida a escolha do vereador por parte do partido ou coligação. Esse e outros documentos são providenciados pelo próprio partido no qual você está filiado. No total são:

  • Cópia da ata;
  • Requerimento de Registro de Candidaturas (RRC);
  • Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap).

Enquanto isso, o candidato precisa garantir outros documentos, como a autorização por escrito da candidatura. Além disso, também é necessário apresentar a certidão de filiação partidária, comprovando a filiação ao partido dentro do tempo previsto. Os outros documentos são:

  • Declaração de bens;
  • Cópia dos documentos de identificação e título de eleitor;
  • oto atual;
  • Ficha 19;
  • Certidão criminal.

Quais os procedimentos para a campanha?

Com a parte burocrática da candidatura em ordem, é necessário estar de acordo com os requisitos da campanha. Todo candidato precisa abrir uma conta bancária exclusiva para o depósito da renda dedicada a própria campanha. Para quem tem menos de 20 mil eleitores, a abertura dessa conta é facultativa.

Após a validação da candidatura, a Justiça Eleitoral enviará o documento de inscrição do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), outro requisito fundamental para a campanha política.

A conta bancária precisa ser aberta com a apresentação do CNPJ em um banco reconhecido pelo Banco Central do Brasil. A partir dai, a instituição financeira tem até 3 dias para validar a abertura da conta.